fbpx

Precificação e suas variáveis

O consumidor atual tem as informações literalmente na palma da sua mão. Através do seu smartphone ele consegue fazer pesquisas de preço, analisar o produto, compará-lo com marcas, ou ainda ser atraído por uma campanha promocional. O setor varejista, no geral, tornou-se um ambiente de negócio que não permite erros. Qualquer passo em falso que o consumidor perceba, uma compra a menos.

Neste contexto, o preço é um item determinante na decisão de compra do consumidor. A precificação passou a ter novas variáveis muito importantes em sua elaboração. A estrutura de mark up, antes utilizada na estratégia de precificação, não é mais capaz de transmitir todas as possibilidades de interpretação do valor de um produto. Entre estas, estão o valor percebido pelo consumidor, a elasticidade da demanda, a natureza da concorrência, a situação do mercado, posicionamento de marca, público-alvo e a variação dos custos.

Precificar transformou-se em uma tarefa específica dentro das empresas que buscam não só colocar preço em um produto, mas sim analisar o cenário no qual está inserido, interpretar um conjunto de informações, gerar insights e aproximar o valor das ofertas às expectativas do consumidor.

O Grupo Palomax, preocupando-se em oferecer o melhor a seus consumidores, buscou se inserir neste modelo moderno e eficaz de precificação. De acordo com Felipe Buttignon, presidente da rede, “buscamos uma metodologia inteligente de precificação com o objetivo de sermos assertivos nas nossas ofertas e preços regulares. Queremos garantir a nossos clientes os melhores preços e também termos as melhores condições de compra com nossos fornecedores”.

Felipe diz que foi um processo longo e com várias etapas, que ainda não foi finalizado, mas já conseguiram notar alguns benefícios.

O pricing só é materializado em uma estratégia a partir de várias ações práticas e, no final de todo o processo, que o consumidor seja aderente aos preços adotados e que ainda estejam condizentes com o que ele está levando para casa, em termos de qualidade, marca, confiança e demais atributos que agregam valor.

No caso do Grupo Palomax alguns passos foram construídos e acompanhados pela consultoria Profit+. Foram 6 meses de análises, estudos e integração com o sistema. Foram analisados todos os dados de vendas, segmentados todos os papéis das categorias, estabelecidos os principais concorrentes, definida a elasticidades dos preços, revisadas as margens praticadas e montado um cronograma de pesquisa de preços semanal. Por último, e uma etapa muito crucial para todo o projeto, foi o envolvimento e treinamento da equipe comercial. O presidente do Grupo diz que “foi uma mudança de política de precificação para nós. E foi essencial envolver os mais interessados em todo este processo, os responsáveis por negociar e comprar os produtos que oferecemos aos nossos consumidores”.

Atualmente, o Grupo Palomax ainda não possui um departamento de pricing, mas nomeou um responsável específico para cuidar do sistema e da nova dinâmica de precificação para que toda a estratégia seja aplicada e respeitada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: